Os brincos da discórdia!

Vamos estrear hoje uma sessão do blog: Cilada do Leitor.

Simples: você que nos acompanha e se diverte com nossos casos, se estiver afim de compartilhar o seu, manda um e-mail contando a sua cilada para maisamoremenoscilada@gmail.com! Caso você não se sinta à vontade de se identificar pode usar um pseudônimo! Mandem suas ciladas e vamos rir todos juntos!

brincos

Acompanhem a cilada de hoje, enviada pela Marta:

Conheci o Chico numa balada sertaneja. Lindo, atraente, gente boa… um rapaz muito interessante, com uma história de vida bacana. Bom, ficamos desde então. No início, ficamos só quando encontrávamos em festas e barzinhos. Com o passar do tempo ele começou a me ligar durante a semana para ir beber alguma coisa ou comer alguma coisa. Bom, numa dessas conversas sobre a vida dele o mesmo me disse que morava com um amigo mas esse só ‘morava’ no apartamento nos finais de semana (ele trabalhava em outra cidade). Num outro encontro, saímos para beber alguma coisa. Eu estava de folga no dia seguinte e ele de férias e sem a preocupação de ter que acordar cedo no dia seguinte, exageramos na dose. Fechada a conta no bar fomos para o apartamento que ele morava. Amassos aqui, bejos quentes dali… e o inevitável aconteceu. Só para constar: além de ser ‘tudo de bom’ ele manda muito bem em outros quesitos… Rsrsrsrs… Confesso que nesse dia saí toda produzida, no estilo mulher fatal mesmo: batom vermelhão, decotão, saia curta, cabelão e um par de brincos maravilhoso!!! Depois da nossa noite de amor, decidi ir embora (mãe já ligando para saber aonde eu estava…). Chega eu em casa e fui logo tirar a maquiagem e me preparar para dormir. Com o rosto limpo me dei conta de que estava faltando meus brincos. Fiquei tensa mas me acalmava o fato dele morar sozinho. Mandei mensagem pra ele e o mesmo me responde: “vamos nos encontrar nesse final de semana e eu lhe entrego”. Bom, assunto resolvido. O problema todo começa quando nós não nos encontramos no final de semana. Na segunda-feira a irmã da minha melhor amiga, que também é uma grande amiga minha, chega aos prantos na minha casa. Disse que o seu namorado estava traindo-a!!! Pedi a ela para acalmar e me explicar o que havia acontecida… e ela começa a contar: “eu só encontrei o Eustáquio no finalzinho do domingo, fui até a casa dele. (Ela estava de plantão durante esse final de semana). Quando chego lá, encontro um par de brincos de uma piranha por lá!!! Perguntei de quem era aqueles brincos horrorosos… e ele não sabia explicar… não pensei duas vezes, sentei a mão na cara dele e disse pra ele nunca mais me procurar!!!”. Na hora fiquei paralisada e fui ligando uma coisa a outra: mora com um amigo- o amigo só vem no final de semana…pronto, é o mesmo apartamento!!!! Gelei, não sabia onde enfiar minha cara na hora que ela tira da bolsa os brincos da suposta amante.  Detalhe, minha mãe estava do meu lado e a mesma acha que eu sou ‘santa’ e que serei evangélica, igual a ela… minha irmã que já sabia do meu esquecimento e que também ligou uma coisa a outra começa a rir… nunca quis matar minha irmã!!!! E minha amiga sem entender nada, fica olhando para minha cara… Nisso o telefone toca e minha mãe sai para atender… foi a brecha que precisava para explicar o ocorrido. Depois dela xingar a suposta amante de todos os nomes eu me identifiquei como a “vagabunda de gosto duvidoso”. Disse que tinha saído com um rapaz e tinha esquecido meus brincos na casa dele. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk… tinha a obrigação de contar, pois o ela tinha terminado o namoro por causa de uma traição que não existiu. Quando encontrei com o Chico na outra semana quis matá-lo!!! Perguntei o por quê dele não guardar os meus brincos!!! Uma cilada que quase termina com uma separação… Ah, os dois voltaram e já estão até planejando casamento no final do próximo ano.

Gostou da cilada da Marta? Compartilhe a sua! Mande um e-mail pra gente: maisamoremenoscilada@gmail.com

Anúncios